Capa » Passeando em São Paulo » Parque Tenente Siqueira Campos – Parque Trianon

Parque Tenente Siqueira Campos – Parque Trianon

“Parque Tenente Siqueira Campos”. Isso te diz alguma coisa????  E Parque Trianon?  Isso mesmo, o Parque Trianon tem esse nome.

O parque foi inaugurado em 1892.  Foi projetado pelo paisagista francês Paul Villon.  O arquiteto Ramos de Azevedo (lembra da Praça com esse nome??) desenvolveu o projeto do “Belvedere Trianon”, à época explorado pela iniciativa privada.   O parque Trianon ou parque da Avenida Paulista foi palco da largada de várias corridas de automóvel, e também  da primeira corrida de São Silvestre, ocorrida em 1924,  ano em que o parque foi doado à prefeitura do Estado de São Paulo.  Em 1931 após uma reforma seu nome foi modificado para Parque Tenente Siqueira Campos, em homenagem a um dos heróis da Revolta Tenentista. (fonte Wikipédia).

Em 1968 o paisagismo foi alterado por Burle Marx.   Atualmente o parque está tombado pelo Conselho de Defesa do Patromônio Histórico, Arqueolígico, Artístico e Turístico e possui, numa área de 48 mil metros quadrados, uma reserva de mata atlântica com exemplares de jequitibá, cedro rosa, sapucaia, pau brasil e muitas espécies exóticas, muitas aves, alamedas, parquinhos, fontes, banheiros públicos, aparelhos de ginástica, pista de caminhada e cooper em meio a agitação da Avenida Paulista.  As árvores em sua grande maioria, são catalogadas, tem seus nomes estampados em plaquinhas, para que sejam identificadas por quem passeia por sua alamedas que são sombreadas pelas copas altíssimas das árvores, tornando o passeio muito agradável.

O parque conta com algumas esculturas e o busto de Joaquim Eugênio de Lima, que foi um dos idealizadores da Avenida Paulista e da urbanização da cidade de São Paulo.  As esculturas que mais se destacam são Fauno, de Victor Brecheret e Aretusa de Francisco Leopoldo Silva.

Alamedas arborizadas e sombreadas
Àrvores altíssimas, essa de tronco mais grosso é uma sapucaia
busto de Joaquim Eugênio de Lima
Aparelhos de ginástica, para uso público
Aretusa
Árvore catalogada com a plaquinha dizendo seu nome
exemplar de pau brasil
Parquinho onde é proibida a entrada de animais
Escultura Fauno

Aos domingos, do lado de fora, na calçada entre o parque e a Avenida Paulista, há uma feira de artesanato, onde alguns artistas exibem seus trabalhos, muito bem feitos, por sinal.  Há arte em papel jornal, caricaturistas, roupas confeccionadas manualmente, em couro, objeto em maderia, feitos com maderias recicladas, plantas e muito mais.

Arte em jornal
arte em madeira reciclada
Amei esse brinco de princesa

O parque, que fica no quadrilátero, Avenida Paulista x Rua Peixoto Gomide x Alameda Jaú x Alameda Casabranca, tem vários portões de acesso e quem visitá-lo de metrô, pode utilizar a estação Trianon, que fica a apenas um quarteirão de distância.

Gostou do post?  Deixe um comentário e vamos dar vida ao blog!!!!

Sobre Debora Godoy Segnini

Debora Godoy Segnini
Nascida em São Paulo, atualmente morando nos Estados Unidos, é mãe, esposa, funcionária pública em trabalho remoto, editora deste blog, viajante, até na maionese, adora viajar, vinhos, cozinhar, restaurantes, livros, passear, sol, chuva, doce, salgado, montanha russa, museu....... e no blog retrata as viagens da família, do casal e da vida!!!! Tudo aquilo que mais Gosta e Pronto!!!!

Confira

Roteiro de Charme pelos Jardins em São Paulo

Recebi essas informações e dicas de um roteiro de charme pelos Jardins e achei bacana …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *