Capa » Destinos de viagem » Canadá » Canadá – Ottawa

Canadá – Ottawa

Saímos de Mil Ilhas e partimos para Ottawa, em mis 125 km de estrada. Chegando lá, tivemos uma visão linda da cidade, que é o máximo, limpa, linda e cheia de entretenimentos.   Ottawa é a capital do Canadá e é uma cidade muito rica e cheia de atrativos turísitcos.  Ao chegar, fizemos um tour com o grupo pela cidade.  Fomos para o Rideau Hall que é a residência oficial do governador geral do Canadá.  Pontualmente às 17:00 hs a guarda real é recolhida e observamos essa “solenidade”.   Saindo de lá, fomos para a área do mercado em downtown, o ByWard, que fica a um quarteirão do prédio do Parlamento. No local há resturantes, lojas e aproximadamente umas 100 barracas. Uma feira enorme, com legumes, frutas, verduras, plantas.  Quem quiser conhecer um pouco mais sobre o mercado, pode ser aqui: BYWARD

Entrada do Rideau Hall

Guarda sendo recolhida
ByWard Market
ByWard Market
ByWard Market

Continuamos nossa caminhada e fomos até o Parlamento, sede do governo canadense.  São três prédios lindos, imponentes, construídos há mais de 100 anos. O prédio central do Parlamento pode ser visitado gratuitamente.  O passeio é diário com diversos horários e duram cerca de 40 minutos. Maiores informações sobre horários, visitas e eventos, clique aqui: PARLAMENTO

Parlamento

Os prédios do Parlamento são de estilo gótico e foram concluídos em 1860.  Atrás dos prédios do Parlamento, dá para avistar toda Ottawa e Hull, uma cidade da província de Quebec (francesa).  É só atravessar a ponte.

No caminho, passamos pela ponte sobre o canal Rideau, construída no início do seculo XIV, em frente ao Chateau Laurrier (o hotel mais chique a caro da cidade), construído em 1901.  É o sistema de navegação mais antigo da América Norte e é navegavel no período de março  a outubro.  Nos demais meses, vira rinque de patinação, pois congela com o frio. Ao lado do canal há uma ciclovia.  Para fazer esse post, fui me atualizar e obtive informações de que em Ottawa existe um sistema muito bom de ciclovia e essa que havia ao lado do Canal segue até um parque muito bonito, o Gatineau que tem várias trilhas e espaços muito agradáveis.  Para alugar as biciletas, veja como e preços aqui: BIKE

Canal Rideau – Verão
Postal do Canal Rideau no inverno

Passamos, também, pelo National War Memorial – um monumento erguido em memória aos mortos na guerra.  Todo dia 11/11 há uma cerimônia comemorativa.

National War Memorial

Na primeira noite, jantamos no Cassino de Hull.

No dia seguinte, partimos para visita a Capital.  Passamos pela Prefeitura da cidade, no mesmo bairro onde ficam as embaixadas.  Depois, voltamos para a área do Parlamento, pois no verão (nos meses de julho e agosto), há a troca da guarda e é um espetáculo muito bonito, com desfile dos militares e da banda militar.  Os soldados vem pela rua, marchando ao som da banda real.  Pontualmente, às 10:30hs da manhã, a solenidade acaba e a guarda que estava no Parlamento vai embora, ficando a outra que veio marchando pela rua.

Relógio do Parlamento
Estátua de bronze da Rainha Elizabeth
Parlamento
Troca da guarda
Parlamento

De lá, fomos para o Museu da Civilização, em Huel.  O museu conta toda a história da colonização do Canadá, começa pelos índios, tem muitos artefatos em madeira, depois passa para a parte das invasões vikings, conta a história dos brasões, porcelanas, época colonial.  Havia uma exposição especial, dedicada ao Brasil, especialmente o Pelourinho e aos final tinha uma parte infantil bem legal.  Uma das principais atrações do museu é o cinema IMAX que exibe documentarios interessantes sobre as civilizações. Maiores informações sobre o museu: CIVILIZATION

Museu da Civilização – A entrada simboliza uma face
Hall principal

Vista do jardim do Museu da Civilização

De lá, saímos em direção a Galeria de Arte Nacional, um vista rápida.  A galeria é um dos principais museus do Canadá e fica localizado muito próximo ao Parlamento.  Muitas obras famosas de Chagall, Dalí, Monet e Picasso integram seu acervo. A entrada na galeria é paga, mas há entrada livre em alguns horários em certos dias da semana.  Vale muito à pena a visita.  Site: NATIONAL GALLERY

National Art Gallery

Partimos para a Igreja de Notre Dame.  A igreja mais antiga e mais famosa da cidade foi construída em 1839 e está localizada na região do mercado ByWard.  Tem duas torres idênticas e é linda por dentro e por fora, tem vitrais lindos e no altar, há mais de 200 estátuas.  Sua decoração toda em detalhes azul e dourado dão um toque diferenciado ao seu interior.

Catedral de Notre Dame
Decoração da catedral – divulgação internet
estátuas do altar

Continuamos passeando pela cidade, pelos jardins que são maravilhosos, fomos ao Museu da Guerra, mas não entramos.  Do lado de fora estavam sendo exibidos alguns exemplares utilizados pelos Militares, desde a Guerra da Nova França e como estávamos bem cansados, nos contentamos com aquilo mesmo.  Mas quem estiver interessado em visitá-lo, pode vrificar todas as informações aqui: CANADIAN WAR MUSEUM

Jardins
Jardins
Museu da Guerra
Museu da Guerra

Voltando, no finalzinho do dia, lá estava a banda real, ensaiando para a troca do dia seguinte.  Bem legal.  Nesse dia, almoçamos e jantamos em barzinhos localizdos nas imediações no ByWard, porque tudo que fizemos ficava sempre ali por perto.

ensaio da troca da guarda

Em Ottawa ficamos hospedados no Capital Hill Hotel & Suites.  Me lembro que era um hotel simples, mas muito bem localizado, perto de tudo e que à época foi um ótimo hotel.  Porém, hotéis nessas regiões mais centrais é o que não falta.

Gostou do post?  Deixe um comentário e vamos dar vida ao blog!!!!

Sobre Debora Godoy Segnini

Debora Godoy Segnini
Nascida em São Paulo, atualmente morando nos Estados Unidos, é mãe, esposa, funcionária pública em trabalho remoto, editora deste blog, viajante, até na maionese, adora viajar, vinhos, cozinhar, restaurantes, livros, passear, sol, chuva, doce, salgado, montanha russa, museu....... e no blog retrata as viagens da família, do casal e da vida!!!! Tudo aquilo que mais Gosta e Pronto!!!!

Confira

Provence com crianças

No ano passado, quando eu programei a viagem para a França, estava numa dúvida cruel …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *