Capa » Blogagem Coletiva » Blogagem Coletiva – Perrengues de Viagem

Blogagem Coletiva – Perrengues de Viagem

Levante a mão quem nunca passou por um perrenguinho em uma viagem………  Qualquer um que seja….

Bom, a nossa família tem vários perrengues para contar…..  Desde carro rodopiando na estrada, na descida para Angra dos Reis (nessa o garotinho estava dormindo),  a criancinha de 2 anos e meio se jogando na piscina em Caldas Novas e papai e mamãe entrando de roupa e tudo para pegar o garoto, maré subiu e levou tudo para o mar, criança caindo de cima da máquina de fliperama de boca no chão, perda de avião depois do check in e dentro do aeroporto….. tudo isso entre outros e boas risadas.  Bom, vamos aos fatos, já que são tantos…… Vou contar aqui a pior de todas.

Check in feito, felizes….  A viagem começou bem. Só que não!!!!  Perdemos o vôo dentro do aeroporto.  Epa!!!!  Chegamos no portão 15 minutos antes do vôo partir e os funcionários de terra disseram que até as nossas bagagens já tinham sido retiradas do avião.  O vôo estava vazio, os passageiros embarcaram rápido e nós???  Cadê????  Marido trabalhando na sala vip e todo folgado!!!  Bom, ele fez de tudo e conseguimos embarcar no próximo vôo que saía 1 hora e meia depois.  Vôo terrível.  Fomos na última fileira, colados na cozinha e a noite foi agitada.  Festa da tripulação!!!!  Mas o pior ainda estava por vir!!!!

Desembarcamos e em todos os lugares que passávamos onde havia segurança o bip que acusa sinais de radiação tocava.  Claro, o marido havia feito iodoterapia tinha 15 dias.  Estava mais possuído que o Incrível Hulk.  No momento da imigração, obviamente nos levaram ao reservado.  De lá, seguiram com ele, o marido,  para passar pelo scanner.  Ele  mostrou o relatório médico e fomos liberados (sim, levamos tudo em inglês).

Ufa!!!!  Acabou!!!!  Sim, passamos ótimos 12 dias até que…….. num passeio bobinho, dento do Museu de Ciências de Miami meu filho cai de um simulador de iôiô e começa a gritar…..  Num primeiro momento tentamos fazê-lo parar, mas ele gritava de dor e dizia:  “Eu preciso de uma emergência!!!!!”

IMG_5445

Marido corre, tira o braço dele de dentro da camiseta e o braço estava todo molenga  – “Chamem uma ambulância!!!!!!”  Depois de uns 10 minutos a responsável pelo museu chamou e os bombeiros vieram rapidamente, em 5 minutos.  Olharam o braço e  nos disseram que aparentemente havia saído do lugar e perguntaram se tínhamos seguro.  Dito que sim, nos levaram ao Mercy Hospital.  Chegando lá, fizeram raio X, deram medicação e a médica nos chamou e disse bem assim: “Seu filho tem uma fratura gravíssima e precisa de uma cirurgia de emergência para fixação do cotovelo.  O local da fratura é delicado”. Bem, nesse momento, a um dia de irmos embora, o chão desapareceu.  Ficamos desolados por alguns segundos…. Apenas alguns, porque a médica nos disse que precisaríamos ser removidos para outro hospital que tivesse equipe pediátrica e nos deu duas opções.  Minha primeira reação foi dizer “não dá para imobilizar e levar para o Brasil??”  Daí pra frente a médica não nos deu mais opções.  Deu um grito no meio do hospital e mandou chamar a remoção para o Childrens Hospital.

IMG_5456IMG_5455

Na nossa cabeça passava o terror de entregar o nosso filho a uma equipe médica nunca vista e ainda por cima num problemão desses…..

Chegamos ao tal hospital e fomos colocados numa sala onde médicos foram avaliar o quadro e conversar conosco.  Falavam milhares de termos em “medicinês” (medica x inglês) e íamos absorvendo as coisas aos poucos.  Solicitamos aos médicos que a cirurgia fosse realizada naquele dia e explicamos que no dia seguinte voaríamos de volta para casa.  Mas eles ficaram reticentes e disseram que a cirurgia seria no dia seguinte cedo (era domingo……)  No final do dia, deram morfina para meu filho e o levaram para colocar o braço “no lugar”.  Eu não fui, só o marido e de longe ouvi um grito conhecido.  Doeu muito!!!!!

Fomos transferidos para um apartamento e lá passamos a noite.  Sem antes termos que assinar termos, fazer uma redação sobre a cirurgia….  Sim, uma redação!!!   O doutor que ia operar nos explicou tudo e depois veio uma assistente e disse: “Escrevam o que entenderam sobre a cirurgia, ok”  Assim o fizemos.  Duas horas depois, já era 1 da manhã e entrou no quarto um outro médico falando da anestesia e até então, a mãe lunática não tinha absorvido que a anestesia teria que ser geral!!!  Ahhhhhhhhhh…..  Sim, geral.  O médico queria saber de todas as alergias, reações e eu com cara de “epa” disse que ele nunca tinha tomado anestesia, mas que tinha bronquite asmática.  Ok! Dalí em diante meu coração ficou muito apertado.

Pontualmente às 6:00 da manhã, uma equipe médica composta de 8 pessoas entrou no nosso quarto para se apresentar e dizer que em alguns minutos levariam nosso filho para a cirurgia, etc…. Cirurgia feita, filho devolvido no quarto, com três pinos instalados no braço e todo engessado.  Teve alta naquele dias, às três da tarde e nosso vôo era às 11:45.  Nossa bagagem estava toda desarrumada no hotel em Fort Lauderdale e o médico não aconselhou a viagem….  O braço poderia inchar e a dor piorar……  Mas decidimos enfrentar o vôo.  Afinal de conta, o vôo perto de tudo que aconteceu não seria nada!!!!

Olha, deu tempo de tudo. Voltamos para o hotel, pegamos as nossas coisas e corremos para o aeroporto.  O avião levantou vôo e nós vimos os fogos da comemoração do Ano Novo pela janelinha, rezando para que o ano de 2012 ficasse só na nossa lembrança.

Foram as 48 horas mais agitadas das nossas vidas, depois de outras que já passamos…….. Garotinho passou o mês de janeiro – FÉRIAS – engessado e tirou os pinos no começo de fevereiro!!!!

IMG_5653
No dia em que os pinos foram tirados em outra cirurgia aqui no Brasil.
IMG_5655
Esses eram os pinos!!!

Agora o braço já está bom e nós recuperados….. Será?

Como evitar???  Difícil hein!!!! Tem coisas que fogem do nosso controle e  isso foi uma delas….. Ficamos nervosos pelo acontecido, por estarmos longe de casa, por entregarmos nosso filho a uma equipe desconhecida, a um médico desconhecido, que foi um cirurgião exemplar, nos deu apoio e apoiou nosso filho.  De verdade!!!! E recebeu muitos elogios do médico daqui do Brasil.

Se esse foi o pior??  Acho que sim….. já esquecemos dos outros…..

E olha aqui, quem está participando dessa blogagem:

Claudia Pegoraro, Felipe, o pequeno viajante:http://felipeopequenoviajante.blogspot.com.br/2013/08/blogagem-coletiva-o-pequeno-perrengueiro.html

Karen Schubert Reimer, As Aventuras da Ellerim Viajante:http://ellerimviajante.com.br/2013/08/blogagem-coletiva-perrengues-que-passamos-viajando-em-familia-frustracao-em-veneza.html

Cinthia Rangel, Boa Viagemhttp://boa-viagem7.webnode.com//

Adriana Pasello, Diário de Viagem: http://www.diariodeviagem.com/photo/blogagem-coletiva-nossos-perrengues-de-viagem-em-familia/

Francine Agnoletto, Viagens que Sonhamos:http://www.viagensquesonhamos.blogspot.com.br/2013/08/surpresasnuma-viagem-punta-del-este.html

http://viagensquesonhamos.blogspot.com.br/2013/08/perrengues-em-familia-o-retorno.html

Eder Rezende, Quatro Cantos do Mundo:http://quatrocantosdomundo.wordpress.com/2012/03/04/a-nem-tao-perigosa-nairobbery-nairobi-quenia/

Erica Kovacs, Viagem com Gêmeos: http://viagemcomgemeos.com/2013/08/11/perrengue-da-primeira-viagem-internacional-a-historia-da-vitamina-de-aveia/

Ludmyla De Sena Broniszewski, Two Many Sides of Me:http://twomanysidesofme.wordpress.com/2013/08/08/perrengues-de-viagem-perrengue-numero-3-blogagem-coletiva-viagens-em-familia/ (este é o perrengue 3! Tem o 1 e o 2!!)

Renata Schiffer, A Renata teve infância e sabe ser feliz!http://www.renataschiffer.com.br/?p=541

Andréia Mannarino, Mistura nada básica: http://misturanadabasica.blogspot.com.br/2013/08/blogagem-coletiva-perrengues-que.html

Andréa Barros, Do RS para o Mundohttp://dorsparaomundo.blogspot.com/2013/08/segunda-blogagem-coletiva-os-perrengues.html

Andrea Martins, do Malas e Panelashttp://malasepanelas.com/viagens-em-familia-saudades-do-carrinho/

Aryele Herrera, Casa da Atzin: http://casadaatzin.wordpress.com/2012/10/19/o-dia-em-que-eu-apaguei-em-toquio/

Flávia Maciel, Bebê pelo Mundo: http://bebepelomundo.blogspot.com.br/2013/08/blogagem-coletiva-viagens-em-familia.html 

Renato Martins, do Renato Blogginghttp://renatoblogging.blogspot.com.br/2013/08/o-maior-perrengue-que-passamos-viajando.html

Sut-Mie Guibert, Viajando com Pimpolhos:http://viajandocompimpolhos.com/2013/08/12/blogagem-coletiva-nossos-perrengues-de-viagem-em-familia/

Andreza Trivillin, Andreza Dica e Indica Disney:http://www.andrezadicaeindicadisney.com.br/2013/08/blogagem-coletiva-perrengues-de-viagem.html

Debora Galizia, Viajando em Família: http://viajandoemfamilia.com.br/blogagem-coletiva-perrengues-de-viagem/

Thiago Cesar Busarello, Vida de Turista: http://www.vidadeturista.com/artigos/blogagem-coletiva-perrengues-de-viagem/

Ana Cinthia Cassab Heilborn, Travel Book: http://www.travelbook.blog.br/2013/08/nossos-perrengues-de-viagem-em-familia.html

Ingrid Patrícia Cruz, Viagens em Família:http://grupoviagensemfamilia.wordpress.com/2013/08/13/blogagem-coletiva-todo-mundo-tem-um-perrengue-pra-contar/

Michely Lares, Viagens da Família Lares:http://viagensdafamilialares.blogspot.com.br/2013/08/blogagem-coletiva-perrengues.html?m=1

Karla Alves Leal, Cariocando por aíhttp://www.cariocandoporai.com.br/2013/08/blogagem-coletiva-perrengues-de-viagem.html

Marcia Tanikawa, Os Caminhantes Ogroturhttp://oscaminhantes.com/2013/08/blogagem-coletiva-perrengues-de-viagem.html

Mônica Paranhos, Viagens em Família:http://grupoviagensemfamilia.wordpress.com/2013/08/15/blogagem-coletiva-nossos-perrengues-de-viagem-em-familia/

Patricia Papp, Coisas de Mãehttp://coisasdemae.wordpress.com/2013/08/15/blogagem-coletiva-o-dia-que-a-luiza-parou-o-metro-de-londres/

Cynara Vianna, Cantinho de Ná: http://cantinhodena.com.br/2013/08/15/perrengues-e-viagens-quem-nunca-passou-por-um/

Cristiane Martins, Dias Viajando por aí:http://diasviajandoporai.blogspot.com.br/2013/08/blogagem-coletiva-perrengues-em-viagens.html

Guilherme Canever, Saiporaíhttp://saiporai.com/tambemsai/

Paloma Varón, Viagens em Família: http://grupoviagensemfamilia.wordpress.com/2013/08/16/blogagem-coletiva-viagens-e-perrengues-em-familia-as-boas-lembrancas-que-ficam/

Vera Leitão, Mundo anfitrião: http://www.mundoanfitriao.blogspot.com.br/2013/08/perrengue-no-valle-nevado.html

Miriam Vargas Nunes Neto, Clube de Viagens Momhttp://clubedeviagensmoms.com.br/em-uma-viagem-nem-tudo-sao-flores-post-sobre-meus-maiores-perrengues/

Flávia Peixoto Viajar é tudo de bom http://www.viajaretudodebom.com.br/2012/07/20/meus-perrengues-de-viagens 

Daniella Sousa Reis, André e Dani + Pedro: http://www.sousareis.com/post/58746794731/perrengues-em-viagem-quem-nao-tem

Ligia Cantarelli, Sem vígula antes de etc.: http://www.semvirgulaantesdeetc.com.br/206/

Luciana Bordallo Misura, Colagem http://luciana.misura.org/2013/08/22/os-perrengues-de-viagem-da-nossa-familia-blogagem-coletiva/

Kelly Resende, Bebê Piccolo http://bebepiccolo.blogspot.com.br/2013/08/blogagem-coletiva-perrengues-de-viagem.html

Susana Spotti, Viagem Simplesmente http://viagemsimplesmente.blogspot.com.br/search/label/Perrengues%20nas%20viagens.

Thyl Guerra, Viajando com palavras http://viajandocompalavras.com/2013/08/29/blogagem-coletiva-perrengues-de-viagem-em-familia/

Alexandra Aranovich,  Café Viagem http://www.cafeviagem.com/perrengues-em-orlando-viagem-familia/

Luísa Pinto, Diário da Pikitim  http://www.pikitim.com/blog/sustos-em-viagem/

Sobre Debora Godoy Segnini

Debora Godoy Segnini
Nascida em São Paulo, onde vive, mãe, esposa, funcionária pública, editora deste blog, viajante, até na maionese, adora viajar, vinhos, cozinhar, restaurantes, livros, passear, sol, chuva, doce, salgado, montanha russa, museu....... e no blog retrata as viagens da família, do casal e da vida!!!! Tudo aquilo que mais Gosta e Pronto!!!!

Confira

10 DICAS DE VIAGEM QUE SÓ UMA MÃE PODE DAR

Para comemorar esse Dias das Mães de 2017, nada melhor que uma blogagem coletiva sobre …

29 comentários

  1. Ai, saúde é tudo!
    Isso sim foi perrengue!

    Bjs, Francine

    • Debora Godoy Segnini
      Debora Godoy Segnini

      Oi Francine, tudo bem??? Sim!! Com saúde não se brinca…. Ainda mais com um problemão desses!!! Um beijo

  2. Apenas por curiosidade: o seguro cobriu tudo? Qual era o seguro? Obrigada = )

    • Debora Godoy Segnini
      Debora Godoy Segnini

      Oi Natália. Sim, o seguro cobriu absolutamente tudo. Até o remédio que o meu filho veio tomando no pós operatório. Não deixei um centavo por lá!!! Eu usei o seguro da Mondial e continuo usando em todas as minhas viagens!!!! Um abraço

  3. Guria, como vcs têm coragem de falar dos meus perrengues?
    NADA do que eu passei chega nem a 1/10 disso! Tô até com vontade de chorar aqui! Que horror deve ter sido! Quando o Felipe cortou o dedo eu queria morrer, não existe nada no mundo pior que ver o filho sofrendo de dor…
    Mas vou te dizer que no nosso caso, a conclusão que eu cheguei foi que fomos muito mais bem atendidos nos confins da Indonésia do que teríamos sido se estivéssemos no Brasil!
    Eu teria abandonado tudo e ficado lá bem tranquila esperando o Lipe melhorar, se fosse vcs! Vcs foram tri corajosos!
    Mas que brinquedo perigoso – eu não entendi: não tem nenhum mecanismo de segurança??? Não fica amarrado pela cintura? Como é que os loucos por segurança americanos permitem isso???
    #chocada
    Bjokas, Claudia @pequenoviajante

    • Debora Godoy Segnini
      Debora Godoy Segnini

      Oi Cláudia, tudo bem??? Sim, foi muito dolorido para nós. Ver o filho da gente sofrer não é fácil não!!! Mas meu irmão, na época, me disse o mesmo…… “Pensa se vocês estivessem numa praia por aqui……” Pensamos muito em ficar, mesmo….. mas não conseguiríamos voltar juntos por conta do final das férias e aí optamos por voltar naquele dia mesmo. O brinquedo era um tipo de ioiô que “tentava” ensinar algo como peso, gravidade, massa, etc…. Não tinha cinto não…… Um beijo e boa viagem pela Argentina….. Já estou acompanhando.

  4. Débora do céu! Eu acompanhei de longe você comentar sobre o problema no ano passado, mas ainda não tinha conhecimento dos detalhes. Que sufoco, que medooooo! E que baita noção do fato do seu filho pra ele “chamar a emergência”. Isso é para a gente ver que não há mesmo país isento de acidentes…

    • Debora Godoy Segnini
      Debora Godoy Segnini

      Oi Adriana!!! Que bom ver você aqui de novo!!! Sim, foi um sufoco e o meu filho é mesmo muito realista. Até demais…… E olha, ninguém está mesmo seguro em nenhum lugar!!! Fato!!!! Um beijo

  5. Débora, eu to meio em choque ainda. Nossa, nem sei o que dizer. Vcs devem devem ter passado um inferno. E é muito recente, né?!
    Imagino o que deve ser ouvindo um grito de dor de um filho. O Heitor nunca teve nada sério, só arranhões, e mesmo assim eu ja fico com o coração apertado. E vc além de ter que ouvir ele gritando de dor, ainda teve que encarar a cirurgia em outro país.
    Bjos

    • Debora Godoy Segnini
      Debora Godoy Segnini

      Oi Michely, tudo bem?? Passamos mesmo por momentos intensos e tensos!!!!! Tudo aconteceu nos dias 30 e 31/12/2012. Meu coração ficou mais do que apertado. Queria eu ter sentido a dor e passado por tudo aquilo ao invés dele. Muito difícil mesmo!!! Um beijo.

  6. Vixi! Que angustia! Sofri junto!!!

    Que bom que ficou tudo bem! Mas deve ter sido sofrido!

    beijos

    • Debora Godoy Segnini
      Debora Godoy Segnini

      Oi Patricia, tudo bem? Foi mesmo um grande sufoco. Agora é correr atrás do preju né!!! Acompanhar e superar!!!! Um beijo

  7. Débora
    realmente você teve muito sangue frio e é isso que é necessário besta horas. Parabéns por saber conduzir esta situação dificílima. Espero que este susto não tenha inibido suas viagens.
    Outra coisa, por sorte vocês estavam nos EUA. Ufa que bom que foi só os susto

    Boas Viagens
    Eder – Quatro Cantos do Mundo

    • Debora Godoy Segnini
      Debora Godoy Segnini

      Oi Eder, tudo bem??? Muito sangue frio mesmo….. Mas, inibir nossas viagens???? Nunca!!!! Já fizemos outras e continuamos na estrada…. Quero que esse susto fique guardado nas lembranças….. aquelas bem remotas. Um beijo

  8. Deus do céu, sofri só de ler!!! Mas é bom saber que vocês “sobreviveram”, porque nos dá ânimo para enfrentar os nossos futuros perrengues!!! Beijos, Karen

    • Debora Godoy Segnini
      Debora Godoy Segnini

      Oi Karen! Duro né!!! Arrepia só de ler e enfrentamos tudo, sofremos com tudo e agora é tentar esquecer!!!!! Só que não!!!! Um beijo

  9. Meu Deus, Débora!!! Que medoooooooooooooooooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  10. Nossa Débora, que super perrengue!!! Imagino o desespero de vcs! Tadinhos!

    • Debora Godoy Segnini
      Debora Godoy Segnini

      Oi Erica, tudo bem? Sim, foi um grande perrengue, mas agora estamos bem!!! Graças a Deus e ao Dr. Iobst que nos atendeu!!! Um beijo

  11. Caramba! Que bom que no final deu tudo certo, mas põe susto nisso!
    Abraçps

    • Debora Godoy Segnini
      Debora Godoy Segnini

      Oi Luciano e Andrea, bom ver vocês aqui!!! Sim, foi um susto, mas deu tudo certo!!! Agora é acompanhar o braço do garotão!!! Um beijo

  12. Débora,
    Isto sim é perrengue! Que desespero! No final dá tudo certo, mas enquanto não chega o final….. aja coração!
    Imprevistos acontecem, não tem jeito, por isso que é importante o seguro saúde.
    bjs

    • Debora Godoy Segnini
      Debora Godoy Segnini

      Hahaha, perrengue mesmo, mas graças a Deus passou e deu tudo certo. E é isso mesmo…. Imprevistos acontecem!!! Um abraço

  13. Ola, pelo visto vcs foram mt bm atendidos. Por curiosidade, qual foi o seguro saude? Ele pagou tudo? Obrigada!

    • Debora Godoy Segnini
      Debora Godoy Segnini

      Olá Natália. Olha, o atendimento foi 100% desde o bombeiro, até a alta do hospital. Tudo muito bom, mesmo. Seguro Mondial que cobriu tudo. Um beijo

  14. Débora, era o seguro da Mondial que vc tinha contratado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *