Capa » Europa » Londres » Harry Potter Studio Tour

Harry Potter Studio Tour

Ir ao Harry Potter Studio Tour em Londres tinha sido riscado das opções de passeio pela cidade. Não tinhamos muito tempo e queriamos ir ao Zoológico, Legoland e, então, perguntamos ao nosso filho o que ele preferia, mesmo porque o passeio seria direcionado a ele.  Tinhamos apenas 5 dias na cidade e eu queria que ele estivesse envolvido no planejamento. Coo fã incondicional, ele escolheu ir para o Harry Potter Warner Bros Studio Tour.

Compramos nossos tickets pela internet na quinta feira antes do embarque, que era domingo.  Poucos horários estavam disponíveis e escolhemos o único que tinha pela manhã, às 10:00 horas.

MUITO IMPORTANTE: o acesso ao Studio só é comprado pela internet, ok!!  Na porta da atração, você só troca o voucher da compra.  No final do post, está disponibilizado o site da atração.

Considerando que se tratava de alta temporada, acertamos na mosca – no final eu conto o porque…..

Para chegar lá não é nada difícil.  O Studio fica umas 20 milhas distante de Londres. Basta chegar na Estação Euston e lá pegar um trem para Watford Junction.  Como tínhamos  comprado o TravelCard para rodar pela cidade, compramos apenas uma extensão do bilhete para a estação final e um bilhete inteiro para o nosso filho que não pagava o metrô – o trem ele pagou!

Vou fazer um a parte aqui – chegamos na segunda feira em Londres e passamos pela estação King’s Cross várias vezes até o dia em que tomamos o trem para esse passeio.  Todas as vezes que passava pela estação eu via um monte de gente aglomerada olhando para um letreiro enorme, cheio de números, de cidades, plataformas, etc…  e via, também, que de repente, todos saiam rapidamente de lá para uma certa direção.  Claro que fiquei na moita, para não dar uma de loira, mas fiquei intrigada: ué, todo mundo comprou o bilhete e sabe o horário do trem.  Porque cargas d’agua ficam ali olhando e saem correndo????  Então, vamos aos fatos.

Harry Potter Studio Tour 1

No guichê pedimos o trem para a Watford Junction e o atendente perguntou: Harry Potter?  Dissemos sim e como tínhamos visto nos letreiros, pedimos o trem para o horário X.  Ele disse não, disse aquele era um trem lento e nos vendeu um trem de uns 10 minutos depois, dizendo que era um trem mais rápido – um trem expresso, que não parava em todas as estações.  Ele disse, verifiquem no letreiro.  Bingo!!!  No ticket não tinha a plataforma do trem e lá fomos nós ficarmos atentos ao letreiro e sair às carreiras atrás de todos os outros que tomariam aquele mesmo trem, quando anunciada a plataforma.  Dica de amiga – a plataforma aparece alguns minutos antes da partida do trem, ok!!!!  Fiquem atentos, principalmente quem vai com criança pequena, porque as pessoas que utilizam o trem correm e andam rápido na direção da plataforma.

Tomamos o trem que demora entre 20 e 25 minutos para chegar até o destino.  Chegamos na estação e fomos procurar onde ficava o ônibus de dois andares, todo decorado, que nos levaria ao tour.   Você deve ficar no ponto n. 4 e esperar.  Ele chega rápido.  Passa de 10 em 10 minutos.  Uma outra opção para chegar ao Studio é pegar um taxi – ouvi dizer que o preço aproximado é de 10 libras.

 

Pagamos 2 libras por pessoa  para utilizar esse ônibus e seguimos para o studio.  “Atenção – guarde o ticket para a volta“.  Chegando lá, nos dirigimos aos guichês para trocarmos nosso voucher.  Sim, você imprime o voucher da compra e troca pelos tickets na bilheteria da atração. Nesse momento você ganha um passaporte para carimbar (marca d’agua), enquanto passeia na atração.  Eles dão os passaportes para as crianças, mas o marido bonzinho pediu mais um para mim.  Bom, então, programe-se pois você precisa chegar até a Estação Euston, comprar o ticket de trem para chegar até Watford Junction e esperar o ônibus. Chegando na atração, trocar o voucher.  Nosso tour era às 10:00 hrs da manhã.  Chegamos na Euston às 8:40hrs e chegamos na atração 9:40 hrs.

Depois disso é só entrar na fila e aguardar a sua vez de entrar no mundo mágico de Harry Potter. A fila estava pequena.  Eles dividem em grupos, você entra e começa a aventura do Making Off.  Antes disso, no salão de entrada há um restaurante, uma loja e um Starbucks Cafe.

Ao entrar, depois de uma ligeira apresentação, a primeira visita é na Sala Comunal.  Estão dispostas as mesas – postas para refeição – as roupas e o brasão que representam as casas e no patamar mais alto, igualzinho ao filme, os grandes bruxos.

 

Daí para frente, você mergulha em todos os detalhes do filme.  Mesas decoradas, roupas utilizadas nas filmagens – cena a cena, perucas, ambientes, como o quarto do Harry, a sala de Bumbledore, de Dolores Umbridge, o Ministério da Magia.  Tudo muito bacana!!!!

 

 

 

Todos os itens utilizados nas filmagens estão lá à disposição dos visitantes.  E todo mundo fica vidrado em tudo!!! Eu adorei a sala do Dumbledore com o chapéu seletor, as horcruxes e a porta da Câmara Secreta.

 

 

Meu filho estava vidrado, mas uma das partes mais legais foi a simulação do vôo na vassoura.  Primeiro, passamos por um local onde estavam as vassouras e ali estava sendo mostrada toda a tecnologia utilizada no filme. Quando termina, você está prestes a voar na vassoura do Harry Potter. A simulação do vôo pode ser experimentada por crianças e adultos. É bem bacana. E eles mostram bem como é a “máquina” de fazer voar.

Depois disso, saímos para uma área externa, onde havia uma lanchonete, o carro da família Wisley, a moto do Hagrid, a ponte de Hogwarts, as casas onde Harry Potter nasceu e cresceu e outras coisas como as peças do xadrez de bruxo.

 

 

A próxima parte do Studio é muito interessante.  Alí estão reunidas as máscaras utilizadas no filme, toda a tecnologia usada para a vestimenta do Hagrid (que não era nada fácil de usar), como era montado o Lobisomem em que se transformava o Professor Lupin; as mandrágoras que se mexiam com controle remoto.  Iterativa e genial.

 

Mais para frente você passa pelo Beco Diagonal, igualzinho ao do filme, incrível!!!  E finalmente, chega no Castelo de Hogwarts, claro que uma miniatura, mas linda!

 

Realmente o passeio era imperdível.  Ainda bem que optamos por seguir a vontade do nosso filho.  Eu que não era muito fá do filme, mas que já vi todos muito mais de meia duzia de vezes, gostei bastante do que vi.  É um passeio bem interessante e cheio de magia.

Quem quiser saber mais informações sobre o assunto: HARRY POTTER STUDIO TOUR 

Gostou do post?? Deixe um comentário e vamos dar vida ao blog!!!!

 

Sobre Debora Godoy Segnini

Debora Godoy Segnini
Nascida em São Paulo, atualmente morando nos Estados Unidos, é mãe, esposa, funcionária pública em trabalho remoto, editora deste blog, viajante, até na maionese, adora viajar, vinhos, cozinhar, restaurantes, livros, passear, sol, chuva, doce, salgado, montanha russa, museu....... e no blog retrata as viagens da família, do casal e da vida!!!! Tudo aquilo que mais Gosta e Pronto!!!!

Confira

Apresentação do Guia de Londres – por Heloísa Righetto

Depois de ler o Guia de Londres escrito pela Heloísa Righetto, (editora dos blogs MiBloguito …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *