Capa » Europa » Turistando em Paris – Parte 1

Turistando em Paris – Parte 1

Nessa viagem para a Europa eu fiquei tão focada nas cidades – Londres e Paris – que nem fiz um roteiro muito bem elaborado – apenas elenquei as atrações que queria visitar e estipulei quando iria fazer as coisas.  Eu comprei o guia com um roteiro de Paris da Ana Catarina Portugal do blog Turista Profissional e adorei as dicas dela!  Adorei os caminhos traçados e levei tudo comigo, porque pretendia fazê-lo, adaptando, claro às preferências da família.

Eu penso em fazer posts com os roteiros, mas fico um pouco reticente.  Prefiro dividi-los em Turistando em Paris e contar o que fiz a cada dia.

Chegamos num sábado final do dia e já fomos turistar.  Saímos do hotel, depois de deixar as malas e partimos para a estação de metrô para entender como funcionava, já que ficariamos na cidade dura mais 7 dias inteiros. Dalí, partimos para a Ópera Garnier.  Eu queria muito conhecer aquele prédio.  Acho que em Paris, todos correr para a Torre.  Eu corri para a Ópera.  Desci no metrô que saí em frente a aquele prédio magnífico!!!!!

opera garnier

O Palácio Garnier ou Ópera Garnier é um dos maiores sinais de ostentação da cidade. O lindo prédio, cheio de detalhes.  Foi concebido por Charles Garnier, arquiteto jovem e pouco conhecido à época, que ganhou um concurso de designer, concurso esse lançado por Napoleão III em 1858 para criação do projeto da Academia Imperial de Musica e Dança.

opera garnier2opera garnier1

O palácio tem vários detalhes = pontos de interesse, em toda sua construção.  Na fachada, várias esculturas e estátuas em bronze no seu topo.  Por dentro, há escadarias em forma de hélice, toda em mármore e salão de espetáculos – espetaculoso – dividido em 5 níveis e com um enorme candelabro de cristal.  Não entramos para conhecer a parte interna do prédio e na ocasião havia apresentação!!  A entrada estava lotada, muita gente e até alguns ônibus parando na porta.

Na sequência, demos um giro pelas redondezas e fomos parar na Galeria Lafayette.  A idéia era ver como era e comer os deliciosos macarons Pierre Herme.

galeria lafayette1

A Galeria Lafayette é cheia de grifes famosas, das melhores.  O prédio é lindo por dentro e por fora.  É divido por andares e por seções.  Quem quiser fazer compras por lá, vai desembolsar um bom dinheiro (rsrsrs).  Porém, se chegar no período das liquidações – janeiro e julho, pega descontos de até 70% nos produtos.  Eu vi com meus próprios olhos como as coisas ficam bem mais em conta.  Mas não fiz compras.  Meu propósito era outro!  Há dois prédios interligados, o lugar é bem grande e se você quer se aprofundar em conhecê-lo, separe um tempo para tudo isso, porque há áreas de roupas femininas, masculinas, infantis, decoração, sapatos (que ocupam todo o subsolo), esportes, acessórios e cosméticos (quase enlouqueci!!!), as grifes de luxo e famosas, que ficam divididas em lojas separadas e os restaurantes.

galeria lafayetteteto da galeria lafayette

Acho que mesmo que você não quiser comprar nada, deve visitar o local, nem que seja para conhecer.  Eu fiquei maravilhada com o teto da galeria….. Vi umas fotos nas redes sociais bem caprichadas da decoração de Natal! Fica a dica!

Ali nos arredores há outras lojas bem bacanas também para fazer compras como H&M, Sephora (enorme), Mango, C&A, Zara, Camper e muitas outras. Segurem as carteiras!!!!

E por falar em compras, importante ressaltar que quem não é cidadão da Comunidade Européia tem direito ao tax refund ou détaxe – reembolso dos impostos locais. O imposto na França equivale a 12% do valor das suas compras e aquelas realizadas acima de 175 euros te dão direito ao reembolso.  Mas, atenção, as compras tem que ser feitas no mesmo dia.  Não dá para ficar acumulando as notas em dias diferentes e não são todas as lojas que disponibilizam o estorno.  Pergunte sempre!   O estorno do valor do imposto pode ser feito em dinheiro ou por crédito no seu cartão, e é feita no aeroporto, na hora de você sair do país, nas cabines disponibilizadas para isso.  Eles não me pediram para ver os itens que comprei, mas há relatos de pessoas que dizem que tiveram que mostrar os produtos comprados.  Eu disse que não tinha feito compras né??? kkkk  Comprei uma bolsa na liquida!!!!  (kkkkk!!!!!).  Pedi o reembolso no cartão e o dinheiro levou um mês, mais ou menos para cair o crédito.

Mas, voltando aos macarons – entramos na Lafayette porque meu filho queria os tais macarons…… Quando entramos lá ficamos meio fora do foco  🙂   Os macarons Pierre Herme são os mais elogiados do mundo.  Pierre Herme tem o título de mais aclamado chef patissier e de Picasso da massa, olha só!!!!! Tem vários títulos de melhor foodie e seus macarrons icônicos tem sabores prá lá de diferentes!!!!  Na loja da Lafayette há macarons, chocolates e geléias, mas nas boutiques de rua há bolos e chocolates diferenciados.

Pierre Herme Lafayette

Para chegar na Ópera ou na Galeria Lafayette você pode chegar pelas estações mais próximas que são a Opera (linha ) e a Chaussée d’Antin La Fayette (linha ).  A estação Havre – Caumartin (linha ) também fica próxima a Galeria Lafayette.

No dia seguinte saímos logo cedo para turistar pela cidade e mal sabia eu que aos domingos quase tudo fica fechado em Paris!!  oh!! Crueldade com a pessoa…….  No próximo post eu conto como foi nosso Turistão de domingo pela cidade!

Gostou do post?? Tem dicas?? Deixe um comentário e vamos dar vida ao blog!!!

Sobre Debora Godoy Segnini

Debora Godoy Segnini
Nascida em São Paulo, atualmente morando nos Estados Unidos, é mãe, esposa, funcionária pública em trabalho remoto, editora deste blog, viajante, até na maionese, adora viajar, vinhos, cozinhar, restaurantes, livros, passear, sol, chuva, doce, salgado, montanha russa, museu....... e no blog retrata as viagens da família, do casal e da vida!!!! Tudo aquilo que mais Gosta e Pronto!!!!

Confira

Provence com crianças

No ano passado, quando eu programei a viagem para a França, estava numa dúvida cruel …

4 comentários

  1. Muito bom!! Amei o post. Quando vem a Parte II???

    • Debora Godoy Segnini
      Debora Godoy Segnini

      Olá Daniela, bom ver você aqui outra vez!!! Os posts de Paris sairão publicados todas as terças e quintas, até terminar a série!!! Um abraço

  2. Descobri teu blog por causa das dicas de uso de telefones celulares no exterior. Estou amando. Vou para Paris na próxima semana e anotando as dicas. Obrigada por compartilhar as tuas experiências.

    • Debora Godoy Segnini
      Debora Godoy Segnini

      Olá Leila, tudo bem??? Obrigada pela visita!!! Os posts de Paris sairão publicados todas as terças e quintas e se você precisar de alguma informação, pode perguntar!!! Tem um montão de dicas da cidade que ainda estão por vir!!! Um abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *