Capa » Europa » Visitando o Palácio de Versailles

Visitando o Palácio de Versailles

Uma vez em Paris e munido do seu ticket de metrô, você chega em qualquer lugar. Estivemos visitando o Palácio de Versailles durante nossa estada em Paris, num lindo dia de sol e é simples e bem fácil chegar lá.

A ida é rápida e fácil.  Então, munidos de nossos tickets de metrô, fomos até uma estação que fizesse transferência para o trem RER C e lá, rumamos para a estação Versailles-Rive Gauche-Chateau.  Dá para ir de ônibus e carro, inclusive há vários tours e excursões que levam ao Palácio de Versailles, mas nós preferimos o jeito mais rápido. Precisa comprar um novo bilhete, aqueles que optaram pelo ticket de metrô das zonas 1 e 2 como era o meu caso, mas a passagem é baratinha.

Os vagões que te levam ao Palácio de Versailles são todos decorados, reproduzindo a decoração do que você irá ver ao longo da sua visita.  Nenhuma foto se aproveita das que tirei, uma pena.  Mas, quer saber, eu não gostei nada nada desses vagões. Acho que não estava preparada psicologicamente. Pronto, falei!!!!!

A estação Rive Gauche é pequenina e chegando lá, é só seguir a direita e logo, você verá as placas indicativas.  Aí, é só virar à esquerda e logo você verá bem na sua frente a linda entrada do Palácio.

Versailles

A entrada do Palácio de Versailles é bem carinha, mas como nós tinhamos o Paris Museum Pass, além de não pegarmos fila para comprar, o valor da entrada já havia sido pago, por isso eu disse que ele vale muito à pena!!!!

Então, vamos lá!!  Se você foi espertinho e usou o Paris Museum, é só entrar, pegar, se quiser, o guia de áudio (tem versão em português) e mergulhar no mundo da realeza parisiense. Trés chic!!!

Versailles12

O Palácio de Versailles foi construído porque a realeza precisava de um local maior e melhor para morar.  Um local digno e com mais glamour.  Por esse motivo, Luis XIV começou a construção que foi sendo acrescida a cada geração.  cada morador do Palácio foi agregando espaços (puxadinhos reais – ui!!!).

Versailles4

Dentro do Palácio de Versailes você vai ver tudo o que for de mais.  Sim, de mais – ostentação total.  Muito ouro, quadros, mármores.  Muita coisa não é original, pois o local sofreu vários saques durante a Revolução Francesa, mas tem vários ítens da época por lá. Abaixo, um dos lugares que achei mais bonitos, a capela do Palácio.  A pintura do teto é maravilhosa, sem contar as colunas que sustentam a construção.

Versailles3

A visita ao Palácio de Versailles tem alguns momentos importantes e isso você pode ver pessoalmente quando for visitá-lo, pois a quantidade de pessoas fotografando alguns locais chega ser até curiosa.

A sala dos espelhos é uma delas.  Famosa por ter sido o local da assinatura do Tratado de Versalhes (quem é que lembra das aulas de história????) , é um espaço todo revestido em espelhos – vindos de Veneza – com o teto curvo, como uma abóbada, todo decorado – luxo e extravagância!!!!!

Versailles7 Sala dos Espelhos

Outro local é o quarto da Rainha da França – todo dourado, chega a pesar, mas era ali que todos os filhos das rainhas nasciam. É esse que está na primeira foto neste próximo mosaico.  Veja a porta ao fundo!  Dizem que foi por ela que Maria Antonieta fugiu quando invadiram o Palácio durante a Revolução Francesa.

Versailles9

O quarto da coroação e o salão da guerra também são disputados, mas quase nada perto do que é para fotografar o busto de Luis XVI – que me desculpem os japoneses, mas foi uma briga conseguir um bom ângulo!!!! Ele está nesse mosaico abaixo, à direita.

Versailles8

Todo o Palácio é cheio de detalhes por todos os lados – teto, cantos, janelas, pisos, paredes….. Vale à pena observar essas coisas quase imperceptíveis aos olhos ávidos pelos locais que constam dos livros de história, acima citados. Um deslumbre à época, um “too much” nos tempos modernos.

Versailles6Versailles5

Do lado de fora do Palácio de Versailles ainda temos, os Jardins,  o Grand Trianon e seus jardins e o Petit Trianon que dá acesso aos Domínio de Maria Antonieta, uma construção em estilo italiano, cheia de mármores.  Aliás, Maria Antonieta foi a única rainha que impôs o seu estilo exótico a Versailles .  Dizem que ali, nos seus domínios era que Maria Antonieta e seus filhos tinham contato com a natureza.  Não esperamos abrir, ficou para a próxima!

Versailles Grand Trianon
Este é um pedaço do Grand Trianon. Reparem que ele é todo em mármore rosa!!!
Dominios de Maria Antonieta
Acesso aos Domínios de Maria Antonieta

Jardins VersaillesVersailles Jardins3Versailles Jardins4Versailles10Versailles11

Os jardins do Palácio são um “must see”.  Lindos, floridos, muito arborizados e com desenhos incríveis.  Você pode alugar um carrinho de golfe (achei carésimo), ou passear no trenzinho que te leva pelos jardins, passa no Grand e no Petit Trianon e se você quiser visitá-los é a hora e, de quebra, pode ir até o Grand Canale.  Foi lá que almoçamos, no La Flotille (falei dele AQUI) e passeamos um pouco.

Jardins Versailles2

Como o sol estava acabando conosco e nem a sombrinha ajudava, nosso passeio foi curto, mas pudemos observar a beleza do local.

Se você quiser saber um pouco mais sobre o Palácio de Versailles e comprar tickets para a visita, acesse: VERSAILLES. Lembrando que crianças menores de 18 anos não pagam a entrada e com o Paris Museum Pass  você tem muitos descontos nas atrações turísticas da cidade e só pega a fila do raio X para entrar.

No verão há visitas noturnas com show de fogos e musica na fonte do Palácio e várias outras apresentações.  No inverno, algumas partes ficam fechadas. Consulte, sempre, o site oficial!

Gostou do post?? Tem dicas?? Deixe um comentário e vamos dar vida ao blog!!!!

 

 

Sobre Debora Godoy Segnini

Debora Godoy Segnini
Nascida em São Paulo, atualmente morando nos Estados Unidos, é mãe, esposa, funcionária pública em trabalho remoto, editora deste blog, viajante, até na maionese, adora viajar, vinhos, cozinhar, restaurantes, livros, passear, sol, chuva, doce, salgado, montanha russa, museu....... e no blog retrata as viagens da família, do casal e da vida!!!! Tudo aquilo que mais Gosta e Pronto!!!!

Confira

Provence com crianças

No ano passado, quando eu programei a viagem para a França, estava numa dúvida cruel …

3 comentários

  1. Oi Debora, fomos à Versailles de trem também, mas na época os vagões não eram decorados, pelo menos os que andamos. O dia estava bem frio e chuvoso, nossas fotos são quase todas com sombrinhas ou encolhidos por causa do frio kkk. Gostei muito da visita, mas saí com uma frustração, a sala dos espelhos estava em manutenção e praticamente toda coberta por tapumes, acredita? Tenho mais um motivo pra voltar concorda? Bj

    • Debora Godoy Segnini
      Debora Godoy Segnini

      Olá Cynara, tudo bem?? Eu gostei bastante do Palácio, mas tinha tanta gente…. A sala dos espelhos parecia mais um formigueiro que uma sala. kkkkk!!! Eu preciso voltar, também!!! Deixei várias coisas para trás….. Um beijo e obrigada pela visita!

      • Fui com muita expectativa ver a sala dos espelhos porque minha mãe havia me recomendado, disse que era linda, e quando cheguei lá não vi praticamente nada :(.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *