Capa » Destinos de viagem » Brasil » Rio Grande do Sul » Vale dos Vinhedos » Visitando as Vinícolas no Vale dos Vinhedos

Visitando as Vinícolas no Vale dos Vinhedos

Nas duas oportunidades em que estivemos no Vale dos Vinhedos, visitamos algumas vinícolas.  Cada uma tem o seu charme e a sua peculiaridade.  Aconselho para quem não tiver muito tempo no destino que visite uma vinícola grande e outra pequena, porque assim você verá como são as produções, da mais simples até a mais aparelhada.  Não que as vinícolas menores não sejam especializadas.  São sim e tem vinhos ótimos, mas a linha de produção de cada uma tem suas diferenças.

Na primeira oportunidade que estivemos no Vale dos Vinhedos, visitamos a Larentis e fizemos uma visita guiada na Casa Valduga e na segunda visita, quando estivemos hospedados na Villa Valduga (falei dela aqui em Hospedagem no Vale dos Vinhedos – Villa Valduga), ganhamos um curso, com visita e degustação de vinhos na Casa Valduga, visitamos a vinícola Don Giovani

A produção de vinhos acontece sempre após a vindima, que é a colheita, nos meses de fevereiro e março.  Como fomos no final de abril e julho, não vimos a produção, mesmo porque estivemos em finais de semana por lá.  Durante a semana é possível ver os funcionários manipulando as garrafas, principalmente dos espumantes e, talvez, até algumas fases como o degorge e o arrolhamento.

Larentis

A Vinícola Larentis, pequena, mas com uma produção já bem avantajada, tem vinhos ótimos e um atendimento fantástico. Assim que chegamos, já fomos acolhidos pela Regiane, uma das responsáveis pela vinícola e pela produção, que nos explicou tudinho como funcionava e depois nos serviu vinhos muito bons!  Essa vinícola oferece em certas épocas do ano, pic nics nos vinhedos, colheita noturna e jantares harmonizados.  Claro que quero voltar!!!!  Deve ser muito bacana!!!! A Larentis tem em sua estrutura tanques de aço, barris de carvalho e equipamentos super modernos para elaboração de vinhos finos e muito bons.  Tem seus próprios vinhedos, fabrica desde vinhos tintos, brancos e espumantes.

LarentisLarentis 1

A Larentis fica na Linha Leopoldina. Km 6 e está aberta para visitação se segunda a sexta, das 9 às 11:30 horas e das 13 ás 17 horas e aos sábados, domingos e feriados, das 9 ás 17 horas.

Don Giovanni

A Don Giovanni, uma outra vinícola não tão grande, fica num anexo à Pousada Don Giovani – um charme!  Eles tem uma boa produção, vinhos de várias uvas, espumantes bons e também pudemos passear pela produção, ver onde as uvas são  prensadas, onde repousa o vinho e onde tudo é engarrafado. Localizada em Pinto Bandeira, quase na entrada do Caminhos da Pedra, a vinícola Don Giovanni tem uma produção muito bem cuidada, com alta tecnologia, tudo acompanhado por enólogos da própria vinícola.  A propriedade, antes de se tornar a Don Giovanni, era de propriedade da Dreher, que deixou fortes influências no local.  Ademais disso, a Don Giovanni fabrica um Brandy delicioso.

Don GiovaniDon Giovanni

A Don Giovanni fica na Linha Amadeu, Km 12, em Pinto Bandeira.

Valduga

As visitas que fizemos na Vinícola Valduga foram ótimas!  Na primeira oportunidade, fizemos uma visita guiada, passamos pelo armazenamento de vinhos e fomos parar nas caves de espumantes.  Nos dois lugares fizemos degustação de vinhos tinto e espumantes deliciosos.  Aliás, temos espumantes que dão de dez a zero em espumantes importados e quase ninguém conhece ou dá valor.  Uma pena!

A segunda visita foi, também, pelos subsolos da vinícola e infelizmente, não pudemos passear pela produção (vinhedos), por conta da chuva e tivemos um curso muito bom, finalizado por uma degustação de vinhos especiais!

Vila ValdugaVila Valduga 2Vila Valduga1

Em ambas as vezes, pudemos visitar a loja da Valduga que é excelente também.  O valor dos vinhos é bem acessível e há ótimos vinhos a um preço muito bom.  Eles também entregam em outras cidades.  Só pedir pela internet.

A Valduga é a vinícola que tem a maior cave de espumantes da America Latina – no seu método de produção que é o Champenoise, tem restaurante típico de culinária italiana deliciosa, já falei dele no post sobre A Gastronomia do Vale dos Vinhedos, parreiras centenárias, cave subterrãnea de pedra, para maturação dos vinhos (onde fizemos nossas visitas), cave de barricas de carvalho francês, a pousda onde ficamos hospedados, a enoboutique e os cursos de degustação e harmonização.  Oferece, também, jantares harmonizados.

A Villa Valduga fica na Via Trento, 2355, na Linha Leopoldina, em Bento Gonçalves.

Gostou do post??  Tem dicas?? Deixe um comentário e vamos dar vida ao blog!!!!

Sobre Debora Godoy Segnini

Debora Godoy Segnini
Nascida em São Paulo, atualmente morando nos Estados Unidos, é mãe, esposa, funcionária pública em trabalho remoto, editora deste blog, viajante, até na maionese, adora viajar, vinhos, cozinhar, restaurantes, livros, passear, sol, chuva, doce, salgado, montanha russa, museu....... e no blog retrata as viagens da família, do casal e da vida!!!! Tudo aquilo que mais Gosta e Pronto!!!!

Confira

Caminhos de Pedra

Quando emiti as passagens para um final de semana no Vale dos Vinhedos, o Caminhos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *