Capa » Destinos de viagem » Estados Unidos » Florida » Costa Oeste » Costa Oeste da Flórida – St. Pete Beach e Clearwater

Costa Oeste da Flórida – St. Pete Beach e Clearwater

Continuando a série sobre a Costa Oeste da Flórida, já falei sobre Fort Myers, Sarasota e agora seguimos para St. Pete Beach até Clearwater.

De Sarasota a St. Pete são, aproximadamente 50 minutos sem trânsito, pelas rodovias US 301 N e I 275 N. A rodovia tem pedágios e a vista é sempre linda (mas pedagio entre US$ 1 e 2).  Muito mar de todos os lados e várias pontes! Se você usar a rodovia 275, vindo de Sarasota, com certeza passará na Skyway Bridge. No nosso caso, por conta da chuva e do trânsito, o aplicativo waze nos desviou desse caminho e no dia seguinte voltamos para procurar a tal ponte!

A ponte tem, exatamente, 6,67Km de extensão.  É muito grande e mega alta!!!É a n.3 entre as Top 10 Bridges americanas e é considerada a ponte bandeira da Flórida. A ponte tem de ambos os lados, entrada para o pier – Fishing Pier, áreas de descanso que também oferecem uma ótima vista da ponte!

Costa Oeste da Florida Skyway BridgeCosta Oeste da Florida Skiway Bridge 1Costa Oeste da FLorida Skyway Bridge estruturaCosta Oeste da Florida Skyway Bridge inteira

Em St. Pete nos hospedamos no The Beachcomber Resort Beach, já falei sobre ele AQUI e foi onde mais aproveitamos a praia. Primeiro porque a chuva não apareceu e também, porque a praia é excelente, linda e quente e tenho que confessar que dessa praia eu gostei, e muito.  Entre as que visitei na costa oeste da Flórida, Sanibel e St. Pete, até agora, ganharam o título de  minhas queridinhas! 😉

Por essa passarela eu chegava até a praia e olha  só que delícia esse lugar!!!!

Passarela do Beachcomber para a Praia

St Pete Beach barracas

A praia de St Pete é linda sim.  St. Pete é um “praião”. Uma super faixa de areia, banhada por um mar lindo de morrer, areia fininha, branquinha e bem quente. Chinelos são aconselháveis.

Costa Oeste da Florida St Pete praiaSt Pete na AreiaCosta Oeste da Florida St Pete Beach muito azul

A água é quente e a praia tem um pouco de ondas, mas são ondas mansinhas.  Muita gente fazendo esporte logo cedo, correndo, andado pela beira da praia e tomando sol!  Na praia há barracas para alugar e passar o dia apreciando aquele marzão lindo, verde e azul, tudo junto e misturado.

Barracas de Praia em St PeteCosta Oeste da Florida St Pete EsportesCosta Oeste da Florida St Pete

Achei o aluguel das cabanas beeeem caro, ainda mais considerando que o dolar está nas alturas (R$ 4,00 qdo escrevi este post).  Dica: Se você vai ficar muito tempo pelas praias, dê uma passada no Walmart e veja se há algum equipamento de praia que você possa trazer de volta e que caiba na sua mala a um bom preço.  Fizemos isso e economizamos bem!  Há guarda-sois dobráveis e esteiras bem legais.

Achei a praia de St. Pete bem propícia a prática de esportes. Vi, também, muitas pessoas fazendo parasails enquanto estive na praia e muitas aves também.  Aliás, achei que fosse só no inverno, mas no verão os pelicanos pescam e muito e nem se incomodam com o bicho homem nas redondezas.  Ficam lá na água, se banhando, alçam vôo e quando você menos espera, mergulham, pescam sua meio de sobrevivência e continuam ali.

Costa Oeste da Florida Parasail

Assim que chegamos, recebemos um comunicado do hotel, para que tomássemos cuidado no mar, por conta das arraias que se escondem debaixo da areia em mares quentes como o da costa oeste da Flórida, mas não encontramos nenhum exemplar por lá! 😉

Quem leu o post sobre a hospedagem em St. Pete, já ouviu falar sobre o Grand Plaza, o hotel irmão daquele que ficamos e minha cunhada Ana Paula, esteve lá, alguns dias após nossa estada em St. Pete.  Ela aproveitou o lounge do hotel e almoçou no restaurante que fica no último andar do prédio e tem vista panorâmica!  As fotos abaixo foram cedidas por ela que recomendou  bastante o restaurante, não só pela vista mas, também pela comida!

Grand Plaza Beachfront St PeteSt Pete Beach Loune Grand PlazaCosta Oeste da Flórida Restaurante Grand PlazaRestaurante hotel Grand Plaza St Pete

Farofamos na praia até mais ou menos uma da tarde (lembram que eu levei cadeira, guarda-sol, coller….), quando decidimos nos dirigir para Clearwater que fica distante uns quarenta minutos dali.

Quando saimos de St Pete, demos uma volta pela cidade para conhecermos um pouco. É uma cidadezinha pequena, de praia, estilo as nossas, mas com as diferenças americanas, certo!  Os prediozinhos são parecidos com os nossos antigos de praia, há belas casas e me fez lembrar da minha infância, nos anos 70 e começo dos anos 80, a velha Praia Grande de São Paulo.  Adorei!!!!

St. Pete é pequena e fica às margens da baia de Tampa.  Tem sol quase que permanentemente, museus e é uma das Top 10 da Flórida. A Sunshine City, como é conhecida tem bastante entretenimento e lugares para visitar.

Além das praias lindas e um pier enorme e cheio de entretenimento a cidade abriga o museu Salvador Dali, fundado em 1982 que reune o maior acervo do pintor fora da Espanha; o museu de Belas Artes, aberto desde 1965 com peças de antiguidade grefa e romana e obras de arte dos séculos 19 e 20 de origem européia, colombiana, africana e asiática; e o mseu Internacional da Flórida, inaugurado em 1995 com exposições itinerantes e uma coleção de objetos da família kennedy.

Quem visitou o museu Salvador Dali foi o pessoal do blog Mezzo Mondo e contou tudo no post Salvador Dali e as Crianças.

Além desse banho de cultura, St. Pete oferece muitas atividades que você pode conferir AQUI.

Saindo de St Pete, seguimos para Clearwater. A distância é pequena, apenas 19 milhas distante.  Nosso caminho foi pela FL 669 N. Sem padágios e beirando lugares lindos.

Clearwater foi considerada, em 2012, a praia mais bonita dos Estados Unidos. (eu ainda acho que St Pete é mais bonita, ok!). Ela fica distante de Tampa uns 20 minutos e de Orlando, mais ou menos uma hora e meia e acho que pode ser um ótimo bate e volta se você estiver em Orlando e com dias sobrando para visitar algo diferente por lá.  Também é banhada pelas águas quentes do Golfo do México.

Na Coronado Avenue – rua onde você vai encontrar a placa de “Best Beach”, a entrada do Pier 60 que se estende sobre o mar, alguns restaurantes, tem estacionamento que funcionam a base de parquímetro. Bom pelo menos tem parquímetro, mas, quando estivemos lá, nenhum estava sendo funcionando ou abastecido por moedas.  Vi várias pessoas parando os carros e saindo.  Ficamos observando por um tempo e como ninguém pagou o parquímetro (eram americanos, ok!), fizemos o mesmo, mas do restaurante fiquei de olho no carro! Pensou levar uma multa ou ter o carro guinchado, ainda mais em outra cidade?????

Costa Oeste da Florida Coronado AvenueCosta Oeste da Florida Placa de Clearwater

Almoçamos no Crabby Bills, bem ali no ponto mais turístico.  Afinal, somos turistas né!  😉

O restaurante estava lotado de locais e não vi nenhum turista desavisado.  Me senti melhor… kkkkk  Comemos bem, com vista!  O menu é praticamente todo à base de frutos do mar, os pratos são bem servidos e o preço é bem razoável, como em todos os restaurantes que visitamos! Atrás do estacionamento do restaurante fica a marina de Clearwater e em frente, a Causeway Boulevard que te leva ao Pier 60.

Crabbys Clearwater

Ali no entorno há vários outros restaurantes e hoteis para você se hospedar, principalmente pela Gulf Boulevard, que segue pela orla.

Na entrada da praia há brinquedos infláveis, loja de artigos de praia, lanchonete, banheiros com chuveiro e o centro de visitantes, com informações da praia. E como é a praia??  Ah, a praia……  areia branquinha, mar quentinho…..  Mas ainda prefiro a praia de St Pete (oh meus Deus!!!).  Achei um praia como as outras – praia! O trolley da foto abaixo tem vários tours, passa, mais ou menos, pelas paradas a cada meia hora e você pode conhecer todos os pontos e praias de Clearwarter, dando uma voltinha nele.  Mais informações: TROLLEY DE CLEARWATER.

ClearwaterClearwater entrada do Pier 60

Andamos pelo Pier 60 que é bem grande e que tem os melhores ângulos para um por do sol!  Eu não vi por do sol!  Vi “por de chuva”.  O tempo fechou e uma chuva daquelas assolou o final do dia!!!! Mas tivemos a oportunidade de ver muitos golfinhos nadando por lá e foi o que fechou o passeio com chave de ouro.  Nós gostamos de conhecer os lugares e ver o que tem de legal e isso foi o máximo para meu filho!  Observar a natureza.  Antes da chuva, ele passou um tempão no final do pier vendo os pescadores humanos e as aves que fazem as vezes por lá.

Praia de ClearwaterPraia de ClearwaterVista da Praia de Clearwater

Vista da Praia de ClearwaterGolfinhos em ClearwaterClearwater Pier 60 1

Depois da chuva, partimos para o Aquário de Clearwater.  O aquário de Clearwater mais parece um centro de reabilitação de animais. É muito bacana o projeto e a sensação local  é a golfinho Winter que, em 205 foi resgatada em uma lagoa perto do cabo Canaveral, na costa leste da Flórida, pequena, ainda com 3 meses de idade, muito machucada, pois estava presa a uma armadilha de pesca de carangueijos.  A linha que estava presa a sua causa cortou a circulação, causando vários danos a sua nadadeira que teve de ser amputada. A equipe do áquario que a resgatou e a ajudou a se reabilitar.  Ela ganhou uma causa prótese e desde então,  graças a dedicação de muita gente, Winter encontra-se reabilitada, aprendeu a nadar já foi inspiração para um filme. Seu nome verdadeiro é Hope que significa esperança.

Costa Oeste da Florida Aquario de Clearwater BarcosCosta Oeste da Florida Aquario de ClearwaterCosta Oeste da Florida Aquario de Clearwater WinterCosta Oeste da Florida Aquario de Cleawater Piscina do WinterAquario de Clearwater Tipos de Barbatanas de Golfinhos

No site do aquário, você pode ver Winter ao vivo e ela é apresentada aos visitantes do aquário em horários pre estabelecidos, onde é colocada a sua prótese. No aquário, há outras atrações, outros tanques com tartarugas, moluscos, tubarões, um cinema onde é contada a história de Winter/Hope.

Clearwater também tem um calçadão bem bacana, o Boardwalk local, que beira a praia, com vários restaurantes, cafés, aluguel de bicicletas e muita gente passeando.

Quem foi a Clearwater e tem post legal sobre a praia e atividades são os blogs Viagens que Sonhamos e Mezzo Mondo.

Se as praias já foram suficientes, saiba que em Clearwater há passeios legais, como o passeio de barco para ver golfinhos que nadam por ali e eu os vi do Pier 60 e lugares legais para fazer compra.  Quem tem um post falando sobre isso e dando dicas é o Dicas de Viagem.

Eu não vi o por do sol em Clearwater, mas no Orlando para Viagem tem um post só sobre esse tema! O que vi muito pelas estradas da Costa Oeste da Flórida foram águias. Sim, águias de todos os tamanhos.  Elas ficam pousadas em cima das luminárias que margeiam as estradas e vez ou outra se lançam ao mar para pescar.  É simplesmente incrível!!!!

Estradas da Costa Oeste da Florida

De Clearwater, passamos por Tampa, conhecemos um pouco as atividades locais e partiremos para mais uma parte desta roadtrip, em breve!!!  Acompanhem nossas postagens e conheça tudo o que a Flórida pode lhe oferecer!!!!

Gostou do post?? Tem dicas?? Deixe um comentário e vamos dar vida ao blog!!!!

 

Sobre Debora Godoy Segnini

Debora Godoy Segnini
Nascida em São Paulo, atualmente morando nos Estados Unidos, é mãe, esposa, funcionária pública em trabalho remoto, editora deste blog, viajante, até na maionese, adora viajar, vinhos, cozinhar, restaurantes, livros, passear, sol, chuva, doce, salgado, montanha russa, museu....... e no blog retrata as viagens da família, do casal e da vida!!!! Tudo aquilo que mais Gosta e Pronto!!!!

Confira

Anna Maria Island – Flórida

A Flórida guarda vários tesouros e um deles você tem que conhecer – Anna Maria …

2 comentários

  1. Acabamos de voltar da Flórida e adorei ler sobre os lugares que visitamos lá em St. Pete Beach e Clearwater. Lugares lindos, muito bem ilustrados no seu blog… parabéns!!!
    Gostaria só fazer um alerta:

    Tivemos uma péssima experiência com o hotel Postcard Inn on the Beach em St. Petersburg.
    Fizemos uma reserva de dois quartos, para passar o ano novo.
    Na reserva já pagamos todas as taxas, com mais de um mês de antecedência. No check-in, solicitaram um deposito de 100 dólares por quarto, podendo ser em dinheiro ou cartão, para cobrir eventuais despesas com café da manha (que não é incluso), ou no bar do hotel. Tomamos café da manhã no hotel e usamos o bar da piscina, achando que a diferença que pudesse ocorrer com o valor depositado inicialmente seria cobrado no check-out.
    Eis que, um dia antes do check-out, o gerente do hotel foi ao quarto do meu filho, com 2 seguranças pedir que quitássemos a dívida de pouco mais de 80 dólares com urgência. Fomos até a recepção e demos o cartão de crédito para quitar a dívida, porém reclamamos das circunstâncias, que era desnecessária a situação, ainda mais com seguranças, que as contas seriam pagas, obviamente, uma vez que só em diárias já estávamos gastando mais de 1500 dólares. Nisso, acobertado pelos seguranças, o gerente disse que não poderíamos reclamar disso e que chamaria a polícia para nos retirar. Paramos com a reclamação, apesar de estarmos certos, para evitar mais transtornos. No dia seguinte, na hora do check-out, pedimos para a atendente da recepção fechar nossa conta e fornecer um recibo do valor pago. A mesma disse que não poderia fazer, apenas a gerência e que precisaríamos esperar por 4h. Novamente reclamamos sobre a prestação de serviço, a atendente se retirou para ligar para a gerência, como solicitamos, e logo chegou a polícia. A atendente ligou para a polícia por instrução da gerência e não nos informou. A polícia, ao ouvir as duas partes, ordenou que a atendente fechasse nossa conta e nos desse o tal recibo. Ou seja, chamaram a polícia e esta acabou por concordar conosco. Ao final, o policial ainda pediu desculpas pela situação e pediu para que não deixássemos que tal circunstância manchasse a imagem da Flórida, que maus prestadores de serviço existem em toda parte.
    Mas infelizmente esta história nos causou constrangimentos e deve ser repassada.
    Mais alguns aspectos a serem considerados: o hotel apresenta 2 andares, sem elevador e não auxilia no carregamento das malas, apenas oferece os carrinhos. Presenciamos muitas pessoas de idade tendo que carregar suas malas pelas escadas que são escorregadias feitas de lajotas vermelhas (daquelas antigas) e sempre molhadas. Corredores sujos. Wifi não funciona nos quartos, apenas nas áreas externas. Ar condicionado e aquecedores são centrais (por mais que no quarto tenha o mecanismo para controle, este não funciona, a temperatura fica como estipulada pela central).
    Único ponto positivo do hotel foi o garçom do café da manhã, simpático e prestativo.
    Obrigada pela oportunidade de alertar os viajantes!

    • Debora Godoy Segnini
      Debora Godoy Segnini

      Olá Lourdes, tudo bem??? Sim, esse tipo de situação tem sim que ser repassada. Aconselho você a fazer uma reclamação formal no site onde contratou o hotel e avalia-lo no Booking e no TripAdvisor. Um abraço e obrigada pelo relato! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *