Capa » Dicas de viagem e Lifestyle » Como é voar de Azul para a Flórida

Como é voar de Azul para a Flórida

Este post não é uma repetição do outro onde eu contei como é Voar de Azul para Orlando na classe executiva, porque neste post eu vou contar como é voar de Azul para a Flórida, contando sobre os dois destinos oferecidos pela companhia aérea.

Como eu já bem contei aqui, em dezembro de 2015 fui para Orlando na classe executiva, voltei de lá em janeiro, na mesma classe e posso dizer que é nota 10! Mesmo!!! Eu publiquei o post logo após a viagem de ida, porque havia muita gente pedindo informações e não tenho nada a acrescentar sobre a viagem de volta. Apenas que eu realmente gostei do voo e que, com certeza, voltaria a voar de Azul para a Flórida.

como é voar de azul para a flórida

Como é voar de Azul para a Flórida

Em fevereiro, pegamos uma promoção de última hora e viajamos no Carnaval com destino, novamente, a Orlando e dessa vez fomos na classe econômica. Não na econômica Xtra, onde há mais espaço para as pernas, fui na classe econômica normal e não tenho o que reclamar também. Eu sou muito chata em voos diurnos e fiquei com bastante medo. Realmente, o menu de filmes me deixou bem entretida e o fato de haver tomadas nas poltronas, me ajudou bastante, pois consegui trabalhar um pouco na edição de algumas fotos. A volta foi realizada em vôo noturno, na mesma classe e correu tudo muito bem.

O check in, como da outra vez foi rápido, sem nenhum contratempo e o aeroporto continuava da mesma forma que relatei da primeira vez. Houve apenas uma alteração no Duty Free que ficou maior!!! Oba!!!! Mas eu ainda acho os preços do nosso Duty Free nada atraentes. Ficamos aguardando o vôo na sala de embarque e, da mesma forma que o embarque anterior eles o fizeram em conjunto – classe executiva clientes safira e diamante vão embarcando por um lado e os demais clientes e classes por outro, fazendo com que o embarque seja bem rápido. Achei isso, na primeira vez que voamos muito bom e continuo achando. Parece que não tem aquela ansiedade nas pessoas de entrar na aeronave sabe…. Corre tudo tranquilamente.

Na ida nos serviram almoço e lanche da tarde e na volta, jantar e café da manhã. Quando viajei na classe executiva, eu não fui ao snack bar que fica disponível para todos os passageiros, mas no vôo que fiz em fevereiro fui lá conferir. Nessa “cozinha/ snack bar”, localizada entre a classe executiva e a econômica extra, ficam a disposição dos passageiros vários snacks. Bolachinhas, snacks salgados integral de queijo, bolachinhas doce, balinhas, agua e suco de fruta de caixinha ficam servidos e são repostos a todo momento. Tudo muito organizado e arrumadinho para servir a todos. Mais um ponto positivo para a Azul.

O almoço da ida para Orlando. Pedi massa e na volta, no jantar, experimentei o arroz com frango. Muito bom!!!
O almoço da ida para Orlando. Pedi massa e na volta, no jantar, experimentei o arroz com frango. Muito bom!!!
O snack bar disponível durante o voo, após o serviço da primeira refeição.
O snack bar disponível durante o voo, após o serviço da primeira refeição.

como é voar de azul para a florida itens do snack

Quando entramos na aeronave havia um pacote com travesseiro e uma manta azul à disposição de cada passageiro.  Depois eles passaram distribuindo fones de ouvido. O sistema de TV funcionou muito bem e o menu de filmes estava bem sortido.

Agora em abril, voamos Azul para Fort Lauderdale, porque precisávamos chegar cedo na Flórida. A Azul tem os seguintes vôos saindo de Campinas, que é o aeroporto de partida: destino Fort Lauderdale com saída noturna e chegada bem cedo e destino Orlando com saída pela manhã e chegada no final da tarde.

Nossos assentos também estavam localizados na classe econômica, sem ser a Xtra.  Quando chegamos no aeroporto de Viracopos, durante o check in fomos perguntados se gostariamos de viajar na classe Xtra e como o preço estava bem convidativo, optamos por experimentá-la.

Espaço Azul

O avião estava em perfeito estado. Nas duas oportunidades, as aeronaves utilizadas já estavam com a nova configuração e então, reformadas. Isso é possível saber já na compra da passagem.  Como sempre compramos pelo site, na hora da reserva, há um aviso se a aeronave já é da configuração nova.

Azul para Florida

Nesse vôo de ida noturno, saímos do aeroporto de Viracopos às 21:20 horas e foi servido jantar e café da manhã.  Durante a noite o snack bar estava lá à disposição dos passageiros e o vôo como sempre foi bom. O kit de conveniência com manta e travesseiro já estava disponível no assento e, posteriormente nos foi entregue uma bolsinha com tapa ouvidos, fone de ouvido e um máscara para os olhos.

Azul para Florida Amenites

A única coisa que acho que a Azul poderia melhorar um pouquinho é no café da manhã.  Os passageiros recebem uma caixinha com uma maça, bolachas salgadas, um queijo tipo poleguinho e um sanduíche frio de queijo e presunto – não é ruim, mas o sanduiche poderia ser quentinho……, porque ele é servido frio – grau gelado…….  Bebidas são servidas também durante o café da manhã.

Em nenhum dos trechos houve problema com as bagagens – nem dano, nem extravio, chegando tudo “nos conformes”.

O programa de pontos da Azul é muito bom.  Já encontrei trechos com valores muito convidativos…..  Pena que nem sempre possa aproveita-los……

Para saber mais como é voar com a Azul, você pode consultar um post bem atualizado do blog Aprendiz de Viajante:

Como é voar de Azul para Orlando

Você já sabe como é voar de Azul para a Flórida??? Conte sua experiência!!!

Sobre Debora Godoy Segnini

Debora Godoy Segnini
Nascida em São Paulo, atualmente morando nos Estados Unidos, é mãe, esposa, funcionária pública em trabalho remoto, editora deste blog, viajante, até na maionese, adora viajar, vinhos, cozinhar, restaurantes, livros, passear, sol, chuva, doce, salgado, montanha russa, museu....... e no blog retrata as viagens da família, do casal e da vida!!!! Tudo aquilo que mais Gosta e Pronto!!!!

Confira

Anna Maria Island – Flórida

A Flórida guarda vários tesouros e um deles você tem que conhecer – Anna Maria …

Um comentário

  1. Olá, estou voando com a Azul para Orlando partindo de Recife. Gostaria de informações de quem já fez este trecho, como é o vôo, o embarque internacional em Recife, à aeronave e PRINCIPALMENTE como é a fiscalização da receita no retorno para Recife.
    Outro ponto que fui informada é que para este vôo o limite de bagagem são 2 volumes de 23kg e 10 kg em cima. Fiquei surpresa, pois para mim o limite para bagagem despachada em vôo Internacional era de 2 volumes de 32kg. Será que isso tem haver com as mudanças de bagagens proposta pela ANAC ou é um critério da AZUL?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *